Notícias

categorias

28 set

Abertura dos Mercados – 28 – Setembro – 2020

Abertura dos Mercados – Futuros e Commodities: S&P-500: 3.335,12 +1,46% | Bovespa: 98.170 +1,15% | Petróleo WTI: 40,50 +0,62% | USD/BRL: 5.541,50 -0,39%

Os mercados financeiros globais operam em alta nesta manhã de segunda feira, após uma semana mais negativa nas bolsas do mundo. Na Ásia as bolsas fecharam sem tendência definida, com o índice japonês Nikkei subindo 1,32% e o índice de Shanghai fechando em queda de 0,06%. Na Europa as bolsas operam no azul, com o DAX alemão, o CAC francês e o FTSE de Londres subindo, respectivamente, 3,01%, 2,41% e 1,76%. Nos Estados Unidos o índice futuro S&P aponta para abertura em alta de 1,46%. No cenário doméstico a FGV divulgou que a confiança da indústria no Brasil registrou a quinta alta mensal consecutiva em setembro, alcançando o maior nível em mais de sete anos diante do otimismo dos empresários com a situação atual e as perspectivas futuras do setor. O Boletim semanal Focus divulgado pela manhã trouxe aumento na projeção da inflação de 2020 pela sétima semana consecutiva e agora os analistas esperam que o índice encerre o ano em alta de 2,05%. Para o PIB os analistas esperam uma contração de 5,04%.

Empresas e Setores

  • AES Tietê (TIET11): A companhia esclareceu que a operação aprovada pelo Cade se refere à 1ª fase do Complexo Eólico Cajuína, localizado no Estado do Rio Grande do Norte e com 1,1 mil megawatts (MW) de capacidade.
  • Azul (AZUL4): A companhia recebeu as autorizações necessárias para inaugurar as operações em todo o mundo do primeiro jato cargueiro E-195 da Embraer.
  • BR Distribuidora (BRDT3): A companhia realizará o pagamento de dividendos adicionais no valor de R$ 0,46 por ação.
  • CCR (CCRO3): A companhia divulgou que o tráfego na semana entre os dias 18 a 24 de setembro aumentou 2,8% na comparação com o mesmo período do ano anterior.
  • Cemig (CMIG4): A companhia informou que o Banco Clássico, por meio do fundo FIA Dinâmica Energia, adquiriu 16,07% de participação no total de ações.
  • Crédito: Segundo dados divulgados pelo Banco Central o estoque total de crédito no Brasil no mês de agosto passou a 51,9% do Produto Interno Bruto (PIB), somando R$ 3,73 trilhões, alta de 1,9% na comparação mensal, Na mesma base de comparação a inadimplência no segmento de recursos livres caiu para 3,3%, ante 3,5%, enquanto o spread bancário no mesmo segmento foi a 22,3 pontos percentuais, ante 23,0 pontos em julho.
  • Energisa (ENGI11): A companhia anunciou que o consumo total de energia nas suas áreas de concessão cresceu 1,2% no mês de agosto.
  • Hypera Pharma (HYPE3): Segundo noticiário a companhia fechou acordo visando a venda para a União Química da marca Xantion pelo valor de R$ 95 milhões.
  • Indústria: Segundo dados divulgados pela FGV o Índice de Confiança da Indústria brasileira (ICI) somou 106,7 pontos no mês de setembro, alta de 8,0 pontos na comparação mensal e o maior nível desde janeiro de 2013.
  • Invepar (IVPR3): A agência de classificação de risco Standard & Poor’s alterou o rating da companhia de “CCC” para “CCC-“, atribuindo perspectiva negativa.
  • Linx (LINX3): A companhia informou que o Morgan Stanley elevou sua participação acionária na companhia para 5,0%.
  • Localiza (RENT3): A agência de classificação de risco Fitch reafirmou o rating da companhia em “BB” com perspectiva negativa, limitada pela avaliação do Brasil.
  • Petrobras (PETR4): Segundo noticiário a francesa Total fechou acordo para transferir à Petrobras sua participação em cinco blocos exploratórios em Foz do Amazonas.

Fontes: Bloomberg, Thomson Reuters, jornal Valor Econômico, jornais diversos e relatórios de terceiros.

Esta mensagem e seus anexos podem conter informações confidenciais ou privilegiadas. Se você não é o destinatário dos mesmos você não está autorizado a utilizar o material para qualquer fim. Solicitamos que você apague a mensagem e avise imediatamente ao remetente. O conteúdo desta mensagem e seus anexos não representam necessariamente a opinião e a intenção da empresa, não implicando em qualquer obrigação ou responsabilidade por parte da mesma. As análises refletem única e exclusivamente as opiniões pessoais dos analistas responsáveis e são elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Capital Investimentos. As estimativas e previsões de eventos são baseadas em informações públicas e em fontes que julgamos dignas de crédito, embora sua precisão e completude não possam ser garantidas. Ocasionalmente, executivos ou funcionários da Capital Investimentos podem, de acordo com o permitido por lei, possuir uma posição, ou de outra maneira estarem interessados em transações com ativos direta ou indiretamente relacionados com este relatório. Rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Este relatório não constitui uma recomendação de compra ou venda e destina-se apenas a fomentar o debate de ideias. O utilizador aceita que o conteúdo, erros ou omissões não podem ser fundamentos para qualquer reclamação ou ação legal. As informações contidas neste material são de caráter exclusivamente informativo e não devem ser consideradas como uma oferta de aquisição de cotas dos fundos de investimentos. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura,  sempre leia o prospecto e o regulamento antes de investir.
Mostrar mais

Cadastre-se e receba nossos relatórios