Notícias

categorias

6 jul

Abertura dos Mercados – 06 – Julho – 2020

Abertura dos Mercados – Futuros e Commodities: S&P-500: 3.169,62 +1,30% | Bovespa: 98.500 +1,57% | Petróleo WTI: 40,61 -0,10% | USD/BRL: 5.303,00 -0,34%

Os mercados financeiros globais operam em alta na manhã de segunda-feira. Na Ásia as bolsas fecharam no azul, com o Nikkei japonês subindo 1,83% e o índice de Shanghai com forte alta de 5,71%, diante das expectativas de uma rápida recuperação econômica, das contínuas reformas dos mercados de capital e com a ampla liquidez. Nos Estados Unidos as bolsas abrem após terem ficado fechadas devido ao feriado do Independence Day na sexta-feira. Por lá, o índice futuro S&P aponta para abertura em alta de 1,30% e na Europa as bolsas operam no azul, com o DAX alemão, o CAC francês e o FTSE de Londres subindo respectivamente 1,64%, 1,61% e 1,65%. Na Zona do Euro os consumidores voltaram em massa às lojas em maio uma vez que as restrições foram aliviadas no bloco, segundo dados das vendas no varejo divulgados mais cedo. Na agenda do dia, destaque nos Estados Unidos para as divulgações do índice PMI composto, o índice de tendência de emprego e o índice de atividade do setor de serviços (todos de junho). No Brasil, após 18 semanas seguidas de aprofundamento na perspectiva de queda do PIB e uma semana de estagnação no pessimismo, os agentes do mercado financeiro no Brasil voltam a reduzir ligeiramente a expectativa de encolhimento do PIB neste ano e agora preveem uma queda de 6,50% no indicador em 2020, ante 6,54% previsto na semana anterior.

Empresas e Setores

  • Banco BR Partners: Segundo noticiário o banco o banco contratou o BTG Pactual, Bank of America-Merrill Lynch e Credit Suisse para coordenar uma oferta 100% primária (IPO) que poderá levantar cerca de R$ 600 milhões.
  • Banco Inter (BIDI11): O banco informou que o BTG Pactual diminuiu a participação no total de ações para 3,64%.
  • Cosan (CSAN3): A companhia anunciou um plano para simplificar sua estrutura societária em uma única holding, e a preparação para possível listagem em bolsa das subsidiárias Moove, Raízen e Compass.
  • EDP Brasil (ENBR3): A companhia anunciou sua adesão à Conta-Covid, auxílio para elétricas em meio à crise do coronavírus, solicitando empréstimos no valor total de R$ 573 milhões para as duas distribuidoras do grupo, segundo comunicado.
  • Energisa (ENGI11): A companhia anunciou sua adesão à Conta-Covid, auxílio para elétricas em meio à crise do coronavírus, solicitando empréstimos no valor total de R$ 1,3 bilhão para as onze distribuidoras do grupo, valor que corresponde a 78% do valor máximo previsto.
  • Frigoríficos: Segundo noticiário a China suspendeu as importações de duas unidades processadoras de carne suína do Brasil pertencentes à JBS e à BRF.
  • JBS (JBSS3): A companhia recebeu aprovação judicial para reabrir sua unidade de processamento de aves em Passo Fundo, no estado do Rio Grande do Sul, após um surto de coronavírus entre funcionários da empresa.
  • JHSF (JHSF3): A companhia divulgou que as vendas contratadas da no segundo trimestre deste ano somaram R$ 339,7 milhões, alta de 466,1% na comparação com o mesmo período do ano anterior.
  • Light (LIGT3): A distribuidora anunciou sua adesão à Conta-Covid, auxílio para elétricas em meio à crise do coronavírus, solicitando empréstimos no valor total de R$ 1,3 bilhão, valor que corresponde ao teto do valor máximo previsto.
  • Lojas Americanas (LAME4): A companhia prepara a realização de uma oferta primária de ações que envolverá, inicialmente, 80 milhões de ações ordinárias e 100 milhões de preferenciais, podendo movimentar de R$ 5 bilhões a R$ 7 bilhões.
  • Neoenergia (NEOE3): A companhia anunciou sua adesão à Conta-Covid, auxílio para elétricas em meio à crise do coronavírus, solicitando empréstimos no valor total de R$ 1,66 bilhão para as quatro distribuidoras do grupo.
  • Petrobras (PETR4): A companhia iniciou a fase vinculante do processo de venda de sua participação restante de 10% na Nova Transportadora do Sudeste (NTS).
  • Vale (VALE3): A companhia comunicou que sua subsidiária integral Vale Overseas Limited (“Vale Overseas”) pretende emitir bonds com vencimento em 2030 garantidos pela Vale.

Fontes: Bloomberg, Thomson Reuters, jornal Valor Econômico, jornais diversos e relatórios de terceiros.

Esta mensagem e seus anexos podem conter informações confidenciais ou privilegiadas. Se você não é o destinatário dos mesmos você não está autorizado a utilizar o material para qualquer fim. Solicitamos que você apague a mensagem e avise imediatamente ao remetente. O conteúdo desta mensagem e seus anexos não representam necessariamente a opinião e a intenção da empresa, não implicando em qualquer obrigação ou responsabilidade por parte da mesma. As análises refletem única e exclusivamente as opiniões pessoais dos analistas responsáveis e são elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Capital Investimentos. As estimativas e previsões de eventos são baseadas em informações públicas e em fontes que julgamos dignas de crédito, embora sua precisão e completude não possam ser garantidas. Ocasionalmente, executivos ou funcionários da Capital Investimentos podem, de acordo com o permitido por lei, possuir uma posição, ou de outra maneira estarem interessados em transações com ativos direta ou indiretamente relacionados com este relatório. Rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Este relatório não constitui uma recomendação de compra ou venda e destina-se apenas a fomentar o debate de ideias. O utilizador aceita que o conteúdo, erros ou omissões não podem ser fundamentos para qualquer reclamação ou ação legal. As informações contidas neste material são de caráter exclusivamente informativo e não devem ser consideradas como uma oferta de aquisição de cotas dos fundos de investimentos. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura,  sempre leia o prospecto e o regulamento antes de investir.
Mostrar mais

Cadastre-se e receba nossos relatórios