21 fev

Abertura dos Mercados – 21 – Fevereiro – 2020

Abertura dos Mercados – Futuros e Commodities: S&P-500: 3.361,62 -0,23% | Bovespa: 114.215 -0,57% | Petróleo WTI: 52,97 -1,69% | USD/BRL: 4.404,50 +0,21%

Os mercados financeiros globais operam majoritariamente em queda nessa manhã de sexta-feira. Na Ásia, o índice de Shanghai encerrou melhor semana em 10 meses, uma vez que as autoridades chinesas prometeram ajudar as empresas afetadas pelo surto de coronavírus. O índice fechou hoje o dia em alta de 0,31% e o Nikkei japonês fechou caindo 0,39%. Na Europa as bolsas operam sem direção definida, com o DAX alemão em leve alta de 0,02% e o CAC francês e o FTSE de Londres caem respectivamente 0,08% e 0,12%. Na região, foi divulgado hoje que o crescimento da atividade empresarial da Zona do Euro ficou melhor que o esperado em fevereiro, segundo PMI, e foi divulgada também a inflação na Zona do Euro que avançou 1,4% em janeiro, impulsionada pelo aumento de preços de energia. Nos Estados Unidos, o índice futuro S&P aponta para abertura em queda de 0,23% e hoje a agenda aguarda discursos de dirigentes de Feds regionais, além de vendas de moradias usadas em janeiro e comício de Trump em Las Vegas. No Brasil, sem grandes indicadores na agenda macroeconômica e no front corporativo teremos a teleconferência de resultados da Vale, Carrefour e Lojas Americanas, entre outros.

Empresas e Setores

  • Aviação: Segundo estimativa divulgada pela Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata) o surto de coronavírus deverá provocar uma perda de receita de US$ 29,3 bilhões no setor aéreo global em 2020.
  • B2W (BTOW3): A companhia encerrou o quarto trimestre de 2018 com prejuízo de R$ 22,3 milhões, reduzindo em 68% a perda reportada no mesmo trimestre do ano anterior.
  • Banco do Brasil (BBDC4): O banco irá oferecer R$ 15 bilhões para a linha de pré-custeio da safra 2020/21, montante 47% superior ao total efetivamente contratado no ano passado para o pré-custeio da temporada 2019/20.
  • Caixa Econômica Federal: Segundo noticiário, o banco selecionou a Visa como parceira preferencial para a emissão de cartões de crédito e débito.
  • Camil (CAML3): O Conselho de Administração da companhia aprovou a aquisição da Pet Food chilena LDA SpA pelo valor de R$ 200 milhões. O Conselho aprovou ainda o pagamento de juros sobre o capital próprio aos acionistas no montante de R$ 15 milhões.
  • Carrefour Brasil (CRFB3): A companhia registrou lucro líquido de R$ 636 milhões no quarto trimestre do ano passado, ampliando em 19,6% o ganho de um ano antes. O Conselho de Administração da companhia aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio aos acionistas no montante de R4 12 milhões.
  • Cesp (CESP6): A companhia comunicou que a gestora Verde reduziu para 3,04% a participação no capital social.
  • Construção Civil: Segundo dados divulgados pela Abramat as vendas do setor de materiais de construção do Brasil no mês de jaeiro registraram queda de 3,4% na comparação com o mesmo mês de 2019.
  • CSN (CSNA3): Segundo noticiário a companhia irá aumentar em 10,25% os preços do aço a partir do dia 1º de março.
  • EDP Renováveis: A companhia registrou lucro líquido de € 475 milhões no ano de 2019, elevando em 52% o ganho de 2018.
  • Energisa (ENGI11): A companhia divulgou que o consumo de energia elétrica no mercado consolidado cativo e livre no mês de janeiro somou 3,02 mil gigawatts-hora (GWh), resultado 0,8% abaixo do reportado no mesmo mês de 2019.
  • Gol (GOLL4): A companhia pretende realizar no mês de maio a incorporação da Smiles.
  • Grupo Pão de Açúcar (PCAR4): A companhia pretende realizar a venda de mais de R$ 3 bilhões em ativos não essenciais nos próximos meses.
  • Hidrovias do Brasil: A companhia, maior empresa de logística hidroviária da América Latina, solicitou o registro para sua oferta inicial de ações (IPO) na B3.
  • Hypera (HYPE3): Segundo noticiário a companhia fechou acordo com indiana Glenmark Farmacêutica para a distribuição de linha dermatológica no Brasil.
  • Lojas Americanas (LAME3): A companhia reportou lucro líquido consolidado ajustado de R$ 398 milhões no quarto trimestre de 2019, alta 62,1% na comparação anual
  • Marcopolo (POMO4): A companhia realizará o pagamento de dividendos aos seus acionistas no montante de R$ 45 milhões.
  • Multiplan (MULT3): A companhia elevou para 12,0% a participação na Área Bruta Locável (ABL) do ParkShopping e adquiriu 20,0% do ParkShopping Corporate, localizados em Brasília.
  • NotreDame Intermédica (GNDI3): A companhia encerrou o quarto trimestre de 2019 com lucro de R$ 131,4 milhões, alta de 2,3% na comparação anual.
  • Pacaembu Construtora: A companhia, especializada no programa habitacional federal Minha Casa Minha Vida, pediu registro para a realização de oferta inicial de ações (IPO).
  • Petrobras (PETR4): A companhia informou que deverá distribuir US$ 3 bilhões aos acionistas em 2020, sob a forma de juros sobre capital próprio e dividendos.
  • Sabesp (SBSP3): A companhia anunciou a realização de emissão de debêntures no valor de R$ 1 bilhão e a contratação de Alceu Segamarchi para a direção de tecnologia.
  • Siderurgia: Segundo dados divulgados pelo Instituto Aço Brasil (IABr), o consumo aparente de aço no país em janeiro somou 1,8 milhão de toneladas, alta de 9,8% sobre o resultado de um ano antes. Na mesma base de comparação, a produção de aço em janeiro totalizou 2,7 milhões de toneladas, alta de 11,1%.
  • SulAmérica (SULA11): A companhia encerrou o quarto trimestre de 2019 com lucro líquido de R$ 452,9 milhões, elevando em 15,1% o ganho apurado o mesmo intervalo do ano passado. No acumulado de 2019 o lucro da companhia somou R$ 1,2 bilhão, alta de 30,75 na comparação anual.
  • Uniasselvi: Segundo noticiário a companhia realizou a contratação dos bancos Goldman Sachs, Bank of America e Morgan Stanley para coordenar a oferta inicial de ações (IPO) da empresa nos Estados Unidos.
  • Vale (VALE3): A companhia registrou prejuízo de US$ 1,5 bilhão no quarto trimestre de 2019, revertendo o lucro líquido de US$ 3,79 bilhões registrado no mesmo período do ano anterior. No acumulado de 2019 o prejuízo da companhia somou US$ 1,6 bilhão, ante lucro líquido de US$ 6,860 bilhões reportado em 2018.

Fontes: Bloomberg, Thomson Reuters, jornal Valor Econômico, jornais diversos e relatórios de terceiros.

Esta mensagem e seus anexos podem conter informações confidenciais ou privilegiadas. Se você não é o destinatário dos mesmos você não está autorizado a utilizar o material para qualquer fim. Solicitamos que você apague a mensagem e avise imediatamente ao remetente. O conteúdo desta mensagem e seus anexos não representam necessariamente a opinião e a intenção da empresa, não implicando em qualquer obrigação ou responsabilidade por parte da mesma. As análises refletem única e exclusivamente as opiniões pessoais dos analistas responsáveis e são elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Capital Investimentos. As estimativas e previsões de eventos são baseadas em informações públicas e em fontes que julgamos dignas de crédito, embora sua precisão e completude não possam ser garantidas. Ocasionalmente, executivos ou funcionários da Capital Investimentos podem, de acordo com o permitido por lei, possuir uma posição, ou de outra maneira estarem interessados em transações com ativos direta ou indiretamente relacionados com este relatório. Rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Este relatório não constitui uma recomendação de compra ou venda e destina-se apenas a fomentar o debate de ideias. O utilizador aceita que o conteúdo, erros ou omissões não podem ser fundamentos para qualquer reclamação ou ação legal. As informações contidas neste material são de caráter exclusivamente informativo e não devem ser consideradas como uma oferta de aquisição de cotas dos fundos de investimentos. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura,  sempre leia o prospecto e o regulamento antes de investir.

20 fev

Abertura dos Mercados – 20 – Fevereiro – 2020

Abertura dos Mercados – Futuros e Commodities: S&P-500: 3.380,62 -0,20% | Bovespa: 116.860 -0,07% | Petróleo WTI: 54,02 +0,99% | USD/BRL: 4.384,00 +0,41%

Os mercados financeiros globais operam em tons mistos nessa manhã de quinta-feira. Na Ásia as bolsas fecharam no azul, com o índice Shanghai subindo 1,84% e o Nikkei japonês que encerrou o dia em alta de 0,34%. Nos Estados Unidos o índice futuro S&P aponta para abertura em queda de 0,20% e hoje na agenda macroeconômica o mercado aguarda as divulgações do índice de atividade do Fed da Filadélfia, o índice de indicadores antecedentes de janeiro e os pedidos de auxílio desemprego semanais. Na Europa as bolsas operam sem tendência definida, com o DAX alemão e o CAC francês caindo respectivamente 0,09% e 0,24% e o FTSE de Londres que sobe 0,08%. Hoje na agenda na Zona do Euro o mercado aguarda o encontro de chefes de estado no Conselho Europeu, a divulgação da confiança do consumidor na Zona de fevereiro além dos balanços da Air France e do Lloyds Bank. No Brasil, o mercado acordou hoje com a notícia da redução de compulsórios sobre depósitos a prazo de 31% para 25%, o que irá gerar uma liberação de R$ 49 bilhões com efeito a partir de 16 de março em medida que faz parte da Agenda BC#. No front macroeconômico o IBGE divulgou que o IPCA-15 subiu 0,22% em fevereiro, após alta de 0,71% no indicador no mês anterior. No front corporativo hoje teremos a divulgação dos balanços da Vale e do Carrefour.

Empresas e Setores

  • Alpargatas (ALPA3): A companhia informou que a gestora Dynamo reduziu para 4,8% a participação no total de ações preferenciais.
  • Caixa Econômica Federal: O banco obteve lucro líquido contábil de R$ 4,9 bilhões no quarto trimestre de 2019, revertendo o prejuízo de R$ 1,1 bilhão sofrido um ano antes.
  • Cielo (CIEL3): O Conselho de Administração da companhia aprovou a abertura de um novo programa de recompra de até 4 milhões de ações ordinárias.
  • Fleury (FLRY3): A companhia obteve lucro líquido de R$ 65,2 milhões no quarto trimestre de 2019, alta de 12% na comparação anual. No acumulado do ano o lucro da companhia somou R$ 333,9 milhões, crescimento anual de 0,7%.
  • Grupo Pão de Açúcar (PCAR4): A companhia reportou lucro líquido aos controladores de R$ 84 milhões no quarto trimestre de 2019, queda de 80,8% na comparação anual. No acumulado de 2019, o lucro atribuído aos controladores somou R$ 790,0 milhões, queda de 31,24% na base anual.
  • Neoenergia (NEOE3): A companhia informou que o Itaú- Unibanco passará a ser a instituição financeira depositária de suas ações escriturais, em substituição ao Banco do Brasil.
  • Petrobras (PETR4): A companhia encerrou o ano de 2019 com lucro líquido recorde de R$ 40,1 bilhões, valor que representa um aumento de 55,7% em relação ao ganho reportado em 2018.
  • Petz: A companhia protocolou o pedido de registro para a realização de oferta pública inicial de ações (IPO).
  • Raia Drogasil (RADL4): A companhia encerrou o quarto trimestre de 2019 com lucro líquido de R$ 143,2 milhões, alta de 17,9% na comparação com o mesmo trimestre de 2018. No acumulado de 2019 o lucro da companhia somou R$ 542,914 milhões, alta de 6,5% na base anual.
  • Randon (RAPT4): A companhia obteve receita líquida de R$ 379,4 milhões no mês de janeiro, alta de 9,2% na comparação anual.
  • Telefônica Brasil (VIVT4): A companhia informou que os investimentos previstos para 2020 serão de, no máximo, R$ 9 bilhões, frente um montante de R$ 8,8 bilhões investidos em 2019.
  • Ultrapar (UGPA3): A companhia registrou prejuízo consolidado de R$ 267,7 milhões no quarto trimestre de 2019, revertendo o ganho de R$ 495,6 milhões reportado no mesmo período de 2018.

Fontes: Bloomberg, Thomson Reuters, jornal Valor Econômico, jornais diversos e relatórios de terceiros.

Esta mensagem e seus anexos podem conter informações confidenciais ou privilegiadas. Se você não é o destinatário dos mesmos você não está autorizado a utilizar o material para qualquer fim. Solicitamos que você apague a mensagem e avise imediatamente ao remetente. O conteúdo desta mensagem e seus anexos não representam necessariamente a opinião e a intenção da empresa, não implicando em qualquer obrigação ou responsabilidade por parte da mesma. As análises refletem única e exclusivamente as opiniões pessoais dos analistas responsáveis e são elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Capital Investimentos. As estimativas e previsões de eventos são baseadas em informações públicas e em fontes que julgamos dignas de crédito, embora sua precisão e completude não possam ser garantidas. Ocasionalmente, executivos ou funcionários da Capital Investimentos podem, de acordo com o permitido por lei, possuir uma posição, ou de outra maneira estarem interessados em transações com ativos direta ou indiretamente relacionados com este relatório. Rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Este relatório não constitui uma recomendação de compra ou venda e destina-se apenas a fomentar o debate de ideias. O utilizador aceita que o conteúdo, erros ou omissões não podem ser fundamentos para qualquer reclamação ou ação legal. As informações contidas neste material são de caráter exclusivamente informativo e não devem ser consideradas como uma oferta de aquisição de cotas dos fundos de investimentos. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura,  sempre leia o prospecto e o regulamento antes de investir.

19 fev

Abertura dos Mercados – 19 – Fevereiro – 2020

Abertura dos Mercados – Futuros e Commodities: S&P-500: 3.379,38 +0,30% | Bovespa: 114.977 -0,29% | Petróleo WTI: 53,01+1,38% | USD/BRL: 4.370,50 +0,29%

Os mercados financeiros globais operam em tom positivo, ainda com preocupação com o Coronavírus e com foco na temporada de divulgação de balanços anuais. Na China o índice de Shanghai interrompeu três dias de alta e fechou em queda de 0,32% nesta quarta-feira devido à persistência de preocupações sobre a epidemia que já deixou 2 mil mortos e pressiona a atividade empresarial do país. Na agenda local hoje está prevista a definição das taxas de juros pelo Banco do Povo da China. O índice Nikkei japonês fechou em alta de 0,89% e a maioria das bolsas na Ásia também encerrou o dia em terreno positivo. Nos Estados Unidos o índice futuro S&P aponta para abertura em alta de 0,30% e na agenda do dia no país destaque para a divulgação, pelo Fed, da ata da reunião de política monetária. Na Europa as bolsas operam no azul, com o DAX alemão, o CAC francês e o FTSE de Londres em alta de respectivamente 0,45%, 0,58% e 0,68% e na agenda do dia teremos a divulgação do balanço da Lufthansa. No Brasil a agenda aguarda a divulgação da sondagem da indústria de fevereiro e fluxo cambial. No front corporativo estão previstos para hoje as divulgações dos balanços da BK Brasil, Fleury, Gerdau, Marfrig, Pão de Açúcar, Petrobras, Raia Drogasil, Ultrapar, Telefônica e Weg.

Empresas e Setores

  • Algar Telecom: A companhia informou que a subsidiária Algar Tech adquiriu 20% da empresa de Call Center ASC Brazil.Multiplan
  • Alimentos: Segundo estimativa da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia), a indústria de alimentos do Brasil encerrou o ano de 2019 com faturamento de R$ 699,9 bilhões, valor que representa um crescimento real de 2,3% na comparação anual. Para 2020, a previsão da associação é de que o setor apresente crescimento real de 2,5% a 3,5% nas vendas anuais.
  • Bloomin’ Brands: A companhia, dona da rede de restaurantes Outback, informou que as vendas comparáveis no Brasil cresceram 4,9% no quarto trimestre de 2019 em comparação ao mesmo trimestre de 2018. Na mesma base de comparação, o volume de clientes avançou 8,2% e o tíquete médio gasto por pessoa recuou 3,3%.
  • Cedae: Segundo noticiário a companhia de águas e esgotos do Estado do Rio de Janeiro foi multada em R$ 5,6 milhões por falha no serviço durante o incêndio no Museu Nacional, em 2018.
  • Cemig (CMIG4): A companhia informou que os investimentos realizados em 2019 somaram R$ 986 milhões. Para 2020 a previsão da companhia é de que sejam realizados aportes no valor de R$ 2,01 bilhões.
  • Engie (ENGIE3): A companhia informou que registrou queda de 18,9% no lucro líquido no quarto trimestre na comparação anual.
  • Glencore: A companhia registrou prejuízo de US$ 404 milhões em 2019, revertendo o lucro de US$ 3,41 bilhões registrados no ano de 2018.
  • Iguatemi (IGTA3): A companhia informou que registrou alta de 47% no lucro no quarto trimestre e que pagará R$ 150 milhões em dividendos aos acionistas.
  • JBS (JBSS3): A companhia comunicou que sua subsidiária indireta JBS USA fechou acordo visando adquirir a norte-americana Empire Packing Company pelo valor total de US$238 milhões.
  • Localiza (RENT3): A companhia informou que frações de bonificação de ações foram agrupadas e 6,2 mil ações ordinárias serão vendidas na B3 a partir de amanhã.
  • Minerva (BEEF3): A companhia informou que reverteu prejuízo e lucrou R$ 243 milhões no quarto trimestre.
  • Movida (MOVI3): O Conselho de Administração da companhia aprovou a emissão de debêntures no valor de até R$ 800 milhões.
  • Multiplan (MULT3): A companhia informou que pretende desembolsar entre R$ 1,1 bilhão e R$ 1,3 bilhão em investimentos no decorrer de 2020, ante desembolso de R$ 787 milhões realizado em 2019.
  • Petrobras (PETR4): O TRT do Estado do Paraná determinou a suspensão das demissões na subsidiária Araucária Nitrogenados (Ansa) até o próximo dia 6 de março quando está marcada audiência entre a direção da companhia e o sindicato de petroleiros.
  • Triunfo (TPIS3): A companhia informou que o tráfego total em suas rodovias pedagiadas somou 12,2 milhões de veículos no mês de janeiro, resultado 4,4% acima do registrado no mesmo mês de 2019. Na mesma base de comparação, circularam pelo aeroporto de Viracopos 9,7 mil aeronaves, 964 mil passageiros e 15,5 mil toneladas de carga, valores que representam, respectivamente, queda de 0,9%, crescimento de 8,3% e recuo de 13,6%.
  • Vale (VALE3): A mineradora informou que a Previ passou a deter 6,38% do capital da mineradora, após transferência de ações de fundos do Banco do Brasil.
  • WEG (WEGE3): O Conselho de Administração da companhia deliberou o pagamento de dividendos complementares no montante total de R$ 351,8 milhões, correspondendo ao valor de R$ 0,16 por ação. O Conselho autorizou ainda a abertura de um Programa de Recompra de até 250 mil ações no prazo de até 365 dias.

Fontes: Bloomberg, Thomson Reuters, jornal Valor Econômico, jornais diversos e relatórios de terceiros.

Esta mensagem e seus anexos podem conter informações confidenciais ou privilegiadas. Se você não é o destinatário dos mesmos você não está autorizado a utilizar o material para qualquer fim. Solicitamos que você apague a mensagem e avise imediatamente ao remetente. O conteúdo desta mensagem e seus anexos não representam necessariamente a opinião e a intenção da empresa, não implicando em qualquer obrigação ou responsabilidade por parte da mesma. As análises refletem única e exclusivamente as opiniões pessoais dos analistas responsáveis e são elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Capital Investimentos. As estimativas e previsões de eventos são baseadas em informações públicas e em fontes que julgamos dignas de crédito, embora sua precisão e completude não possam ser garantidas. Ocasionalmente, executivos ou funcionários da Capital Investimentos podem, de acordo com o permitido por lei, possuir uma posição, ou de outra maneira estarem interessados em transações com ativos direta ou indiretamente relacionados com este relatório. Rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Este relatório não constitui uma recomendação de compra ou venda e destina-se apenas a fomentar o debate de ideias. O utilizador aceita que o conteúdo, erros ou omissões não podem ser fundamentos para qualquer reclamação ou ação legal. As informações contidas neste material são de caráter exclusivamente informativo e não devem ser consideradas como uma oferta de aquisição de cotas dos fundos de investimentos. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura,  sempre leia o prospecto e o regulamento antes de investir.

18 fev

Abertura dos Mercados – 18 – Fevereiro – 2020

Abertura dos Mercados – Futuros e Commodities: S&P-500: 3.365,38 -0,46% | Bovespa: 115.020 -0,60% | Petróleo WTI: 52,38 +0,10% | USD/BRL: 4.345,50 +0,35%

Os mercados financeiros globais operam em queda nessa manhã de terça-feira, após a Apple levantar temores ao alertar que não deve cumprir sua meta de vendas para o primeiro trimestre, já que o coronavírus desacelerou a produção e enfraqueceu a demanda na China (a companhia informou que as instalações industriais na China que produzem o Iphone e outros eletrônicos da companhia começaram a reabrir, mas estão em ritmo mais lento do que o esperado). Na Ásia as bolsas fecharam sem direção definida, com o Nikkei japonês em queda de 1,40% e o índice de Shanghai subindo 0,05%. A China anunciou que concederá isenções em tarifas retaliatórias adotadas contra 696 produtos dos Estados Unidos, o alívio mais substancial a ser oferecido até agora, uma vez que Pequim busca cumprir os compromissos assumidos em seu acordo inicial com os norte-americanos. Nos Estados Unidos, o índice futuro S&P aponta para abertura em queda de 0,46% e hoje na agenda os investidores aguardam a divulgação do índice Empire State de fevereiro, além do balanço do Walmart. Na Europa as bolsas caem, com o DAX alemão, o CAC francês e o índice FTSE de Londres em baixa de respectivamente 0,75%, 0,50% e 0,94%. No Brasil, tivemos pela manhã a divulgação da segunda prévia de fevereiro do IGP-M que subiu 0,57% e na agenda corporativa o mercado aguarda hoje as divulgações dos balanços de Ecorodovias, EDP, Engie, Iguatemi, IRB, Minerva, Pine e Smiles.

Empresas e Setores

  • Almeida Junior: Segundo noticiário a companhia, que possui 71% do market share do setor de shopping center em Santa Catarina, solicitou à CVM autorização para a realização de uma oferta pública inicial de ações (IPO).
  • BR Distribuidora (BRDT3): A companhia fechou acordo de parceria com a Golar Power em negócio de distribuição de GNL em pequena escala.
  • Bradesco (BBDC4): O banco realizará o pagamento de dividendos complementares nos valores de R$ 0,064 por ação preferencial e R$ 0,05 por ação ordinária.
  • Dasa (DASA3): O Conselho de Administração da companhia aprovou a aquisição da corretora de seguros Allbrokers, especializada em gestão de benefícios.
  • Direcional Engenharia (DIRR3): A companhia informou que a Kinea Investimentos atingiu participação de 5,0% no seu capital social.
  • Eletrobras (ELET3): A companhia informou que Lúcia Maria Martins Casasanta renunciou ao cargo de diretora de governança, riscos e conformidade.
  • Grupo 3corações: A companhia, líder no segmento de café no Brasil, anunciou a aquisição da divisão de café torrado e moído da Mitsui Alimentos pelo valor de R$ 210 milhões.
  • Guararapes (GUAR3): A companhia encerou o quarto trimestre de 2019 com lucro líquido de R$ 440,6 milhões, queda de 56,5% na comparação anual.
  • Itaúsa (ITSA4): A companhia reportou lucro líquido R$ 3,4 bilhões no quarto trimestre de 2019, alta de 37,6%.na comparação anual. No acumulado do ano, o lucro da companhia somou R$ 10,3 bilhões, alta de 9,3% frente ao resultado do ano anterior. O Conselho de Administração da companhia aprovou o pagamento de dividendo adicional de juros sobre o capital próprio nos respectivos valores de R$ 0,22 e R$ 0,21 por ação.
  • Logística: Segundo noticiário o Porto de Santos realizará novo zoneamento para atender alta de 60% na movimentação de cargas até 2040.
  • Lojas Americanas (LAME3): O Conselho de Administração da companhia homologou aumento de capital no valor de R$ 229 milhões.
  • Multiplan (MULT3): A companhia reportou lucro líquido de R$ 142,3 milhões no quarto trimestre de 2019, alta de 26,3% na comparação anual. A companhia anunciou investimento de R$ 68 milhões em expansão de shopping no Estado de Minas Gerais.
  • Neoenergia (NEOE3): A companhia registrou lucro líquido de R$ 618,4 milhões no quarto trimestre, alta de 75,1% na comparação anual.
  • OI (OIBR3): A companhia informou que a geração de caixa operacional líquido no mês de dezembro ficou negativa em R$ 331 milhões.
  • Petrobras (PETR4): A companhia notificou sindicatos de decisão do TST, que considerou a greve ilegal e abusiva, liberando eventuais sanções disciplinares.
  • Rede D’Or São Luiz: A companhia confirmou a aquisição de 80% do Hospital Aliança, localizado na cidade de Salvador, pelo valor de R$ 800 milhões.

Fontes: Bloomberg, Thomson Reuters, jornal Valor Econômico, jornais diversos e relatórios de terceiros.

Esta mensagem e seus anexos podem conter informações confidenciais ou privilegiadas. Se você não é o destinatário dos mesmos você não está autorizado a utilizar o material para qualquer fim. Solicitamos que você apague a mensagem e avise imediatamente ao remetente. O conteúdo desta mensagem e seus anexos não representam necessariamente a opinião e a intenção da empresa, não implicando em qualquer obrigação ou responsabilidade por parte da mesma. As análises refletem única e exclusivamente as opiniões pessoais dos analistas responsáveis e são elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Capital Investimentos. As estimativas e previsões de eventos são baseadas em informações públicas e em fontes que julgamos dignas de crédito, embora sua precisão e completude não possam ser garantidas. Ocasionalmente, executivos ou funcionários da Capital Investimentos podem, de acordo com o permitido por lei, possuir uma posição, ou de outra maneira estarem interessados em transações com ativos direta ou indiretamente relacionados com este relatório. Rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Este relatório não constitui uma recomendação de compra ou venda e destina-se apenas a fomentar o debate de ideias. O utilizador aceita que o conteúdo, erros ou omissões não podem ser fundamentos para qualquer reclamação ou ação legal. As informações contidas neste material são de caráter exclusivamente informativo e não devem ser consideradas como uma oferta de aquisição de cotas dos fundos de investimentos. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura,  sempre leia o prospecto e o regulamento antes de investir.

17 fev

Abertura dos Mercados – 17 – Fevereiro – 2020

Abertura dos Mercados – Futuros e Commodities: S&P-500: 3.386,88 +0,17% | Bovespa: 115.465 +0,43% | Petróleo WTI: 52,38 +0,10% | SD/BRL: 4.318,50 +0,41%

Apesar do feriado em Nova York, que mantem as bolsas norte-americanas fechadas, o tom dos mercados nesse início de semana é positivo. O PIB do Japão encolheu 6,3% no quarto trimestre de 2019, bem mais forte do que a queda de 3,9% prevista. O recuo da atividade econômica foi explicado pelos efeitos do ciclone tropical Hagibis e pelo aumento dos impostos sobre vendas que passou a vigorar a partir de outubro. Na China, os números de novos casos do coronavírus segue caindo, mas os infectados já ultrapassaram a marca de 71 mil pessoas e um total de 1.770 mortes. Neste momento, o futuro do S&P sobe 0,17%, o DAX alemão tem alta de 0,18%, o FTSE inglês tem valorização de 0,31% e o CAC francês tem elevação de 0,19%. Na Ásia, o índice de Shanghai fechou com alta de 2,28% e o Nikkei encerrou o dia com queda de 0,69%. No Brasil, o foco fica totalmente concentrado nos resultados corporativos. Essa semana sairão os balanços da Petrobras, Vale, Gerdau, Ultrapar, Weg, Fleury, RaiaDrogasil, IRB, Lojas Americanas, Notredame Intermédica, Marfrig, Sulamerica, Gol, Multiplan e Carrefour, dentre outras companhias.

Empresas e Setores

  • BBM Logística: A companhia solicitou registro para realização de oferta pública de ações (IPO) e migração para o segmento Novo Mercado.
  • BR Malls (BRML3): A companhia anunciou a aquisição de fração adicional de 38,4% da ABL total do Shopping Piracicaba, localizado no Estado de São Paulo, pelo valor de R$ 202,3 milhões.
  • BTG Pactual (BBTG11): Segundo noticiário o banco pretende pedir neste ano uma licença bancária na Colômbia.
  • Burger King (BKBR3): A companhia informou que a Atmos Capital elevou para 5,23% a participação no total de ações.
  • Cyrela Commercial (CCPR3): A companhia informou que o Itaú atingiu participação de 5,02% no total de ações.
  • Delta Airlines: A companhia anunciou um investimento de US$ 1 bilhão para mitigar todas as suas emissões de carbono nos próximos dez anos.
  • Energisa (ENGI11): A companhia realizará o pagamento de juros aos debenturistas de sua sétima emissão no montante total de R$ 58,4 milhões, correspondendo aos valores de R$ 53,93 por debênture da primeira à terceira série e de R$ 58,4 por debênture da quarta à sexta série.
  • EzTec (EZTC3): A companhia anunciou o lançamento do empreendimento Brooklin Residences, localizado na cidade de São Paulo e que conta com um Valor Geral de Vendas (VGV) total de R$ 364,6 milhões.
  • Grupo Pão de Açúcar (PCAR4): A companhia comunicou que a B3 aprovou a admissão no segmento especial de listagem Novo Mercado.
  • INC SPA: A construtora italiana recebeu autorização para funcionar no Brasil no desenvolvimento de operações em atividades de construção, seja como empreiteira geral ou promotora por meio de contatos com outras companhias e com entidades.
  • Petrobras (PETR4): A Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) informou que, com a adesão dos trabalhadores de Merluza, todas as plataformas do litoral de São Paulo aderiram à greve de funcionários da companhia.
  • Suzano (SUZB3): A companhia realizou a liquidação antecipada de contrato de pré-pagamento de exportação no montante total de US$ 750 milhões, ao mesmo em que efetuou a contratação de nova operação de pré-pagamento de exportação no valor total de US$ 850 milhões e vencimento final em 2026.
  • Taesa (TAEE11): A companhia concluiu a aquisição de 100% da São João Transmissora de Energia (SJT) e da São Pedro Transmissora de Energia (SPT) pelo valor de R$ 753 milhões.
  • Telefônica Brasil (VIVT4): O Conselho de Administração da companhia deliberou o pagamento de juros sobre capital próprio no montante bruto de R$ 270 milhões, correspondendo aos valores de R$ 0,14 por ação ordinária e R$ 0,16 por ação preferencial.

Fontes: Bloomberg, Thomson Reuters, jornal Valor Econômico, jornais diversos e relatórios de terceiros.

Esta mensagem e seus anexos podem conter informações confidenciais ou privilegiadas. Se você não é o destinatário dos mesmos você não está autorizado a utilizar o material para qualquer fim. Solicitamos que você apague a mensagem e avise imediatamente ao remetente. O conteúdo desta mensagem e seus anexos não representam necessariamente a opinião e a intenção da empresa, não implicando em qualquer obrigação ou responsabilidade por parte da mesma. As análises refletem única e exclusivamente as opiniões pessoais dos analistas responsáveis e são elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Capital Investimentos. As estimativas e previsões de eventos são baseadas em informações públicas e em fontes que julgamos dignas de crédito, embora sua precisão e completude não possam ser garantidas. Ocasionalmente, executivos ou funcionários da Capital Investimentos podem, de acordo com o permitido por lei, possuir uma posição, ou de outra maneira estarem interessados em transações com ativos direta ou indiretamente relacionados com este relatório. Rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Este relatório não constitui uma recomendação de compra ou venda e destina-se apenas a fomentar o debate de ideias. O utilizador aceita que o conteúdo, erros ou omissões não podem ser fundamentos para qualquer reclamação ou ação legal. As informações contidas neste material são de caráter exclusivamente informativo e não devem ser consideradas como uma oferta de aquisição de cotas dos fundos de investimentos. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura,  sempre leia o prospecto e o regulamento antes de investir.

14 fev

Abertura dos Mercados – 14 – Fevereiro – 2020

Abertura dos Mercados – Futuros e Commodities: S&P-500: 3.385,12 +0,23% | Bovespa: 116.470 +0,27% | Petróleo WTI: 52,11 +1,34% | USD/BRL: 4.328,00 -0,57%

Os mercados chegam ao final da semana sem uma direção definida. Investidores ao redor do mundo ainda seguem confusos com as estatísticas das vítimas do vírus chinês e o país permanece praticamente parado na tentativa de conter o número de infectados. Neste momento, o futuro do S&P sobe 0,23%, o DAX alemão tem alta de 0,22%, o FTSE inglês tem desvalorização de 0,06% e o CAC francês cede 0,14%. Na Ásia, o índice de Shanghai fechou com alta de 0,38% e o Nikkei encerrou o dia com queda de 0,67%. No Brasil, a alta do Dólar provocou uma atuação do BC para conter a escalada da moeda. Foi anunciado um leilão extraordinário de US$ 1 bilhão de swap cambial para hoje. A alta do Dólar frente ao Real foi provocada pela preocupação mundial com a questão do coronavírus, mas também pelas repetidas falas do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a normalidade de se ter atualmente no Brasil uma taxa de câmbio mais desvalorizada. Em relação a reforma tributária, parlamentares indicados para compor a comissão afirmaram que a primeira reunião formal do colegiado deve ocorrer só depois do Carnaval, diante do Congresso esvaziado na semana que vem.

Empresas e Setores

  • Airbus: A companhia registrou prejuízo de € 3,5 bilhões no quarto trimestre de 2019, revertendo o ganho de € 1,6 bilhão registrado no mesmo período de 2019. No acumulado de 2019, a empresa reportou prejuízo de € 1,36 bilhão, ante um lucro de € 3,05 bilhões registrado em 2018.
  • Alibaba: A companhia registrou lucro líquido de US$ 7,5 bilhões no trimestre fiscal encerrado em 32 de dezembro de 2019, resultado 58% acima do reportado um ano antes.
  • B3 (B3SA3): A companhia informou que ovolume financeiro diário em ações no mês de janeiro somou R$ 23,3 bilhões, alta de 38,3% na comparação anual.
  • Banco BMG (BMGB4): O banco encerrou o quarto trimestre de 2019 com lucro líquido de R$ 163 milhões, resultado quatro vezes maior que os R$ 40 milhões registrados no mesmo trimestre de 2018. No acumulado de 2019 o lucro do banco somou R$ 367 milhões, resultado acima do dobro do lucro de R$ 171 milhões reportado em 2018. O banco realizará o pagamento de juros sobre o capital próprio aos acionistas no valor líquido de R$ 0,21 por ação ordinária e preferencial.
  • Banco BV: O banco anunciou novo investimento de R$ 80 milhões na fintech de crédito Weel e ampliação de funding para até R$ 800 milhões, com o objetivo de elevar a participação no nicho de empréstimos para empresas médias.
  • Construção Civil: Segundo dados divulgados pelo Secovi-SP as vendas de imóveis residenciais na cidade de São Paulo no ano de 2019 somaram 44,7 mil unidades, alta de 49,5% na comparação com o registrado no ano de 2018. Na mesma base de comparação, o Valor Geral de Vendas (VGV) comercializado em 2019 somou R$ 22,3 bilhões, alta de 44%.
  • Dommo Energia (DMMO3): A companhia informou que a OSX-3 Leasing reduziu de 9,64% para 4,82%, a participação no capital social.
  • Grendene (GRND3): A companhia encerrou o quarto trimestre de 2019 com lucro líquido de R$ 210,1 milhões, resultado 16,4% abaixo do ganho reportado no mesmo período do ano anterior. O Conselho de Administração da companhia aprovou o pagamento de dividendos e juros sobre o capital próprio nos respectivos valores de R$ 0,02 e R$ 0,12 por ação.
  • JHSF (JHSF3): A companhia reportou lucro líquido de R$ 211 milhões no quarto trimestre de 2019, resultado 197,4% acima do lucro registrado no mesmo intervalo do ano anterior.
  • Kraft Heinz: A companhia obteve lucro de US$ 182 milhões no quarto trimestre de 2019, revertendo o prejuízo de US$ 12,56 bilhões apurado no mesmo período do ano anterior.
  • Papel & Celulose: Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira do Papelão Ondulado (ABPO) as expedições de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado no mês de janeiro totalizaram 311,5 mil toneladas, resultado 8,94% acima do registrado no mês anterior e 7,85% ante o mesmo mês de 2019.
  • Petrobras (PETR4): A B3 atendeu pedido da companhia de desvinculação do programa Destaque em Governança de Estatais.
  • Priner Serviços Industriais: A companhia precificou em R$ 10,00 a ação no âmbito da oferta pública inicial de ações (IPO), movimentando R$ 173,9 milhões na operação.
  • Rumo (RAIL3): A companhia registrou lucro líquido de R$ 202 milhões no quarto trimestre de 2019, alta de 47,4% contra o mesmo período de 2018.
  • Tegma (TGMA3): A companhia informou que o Itaú Unibanco aumentou a participação no capital social para 15,10%.
  • Vale (VALE3): A companhia comunicou que o processo de descaracterização da Barragem Doutor, da Mina Tombopeba, exigirá evacuação de casas na comunidade de Antônio Pereira, no Estado de Minas Gerais.

Fontes: Bloomberg, Thomson Reuters, jornal Valor Econômico, jornais diversos e relatórios de terceiros.

Esta mensagem e seus anexos podem conter informações confidenciais ou privilegiadas. Se você não é o destinatário dos mesmos você não está autorizado a utilizar o material para qualquer fim. Solicitamos que você apague a mensagem e avise imediatamente ao remetente. O conteúdo desta mensagem e seus anexos não representam necessariamente a opinião e a intenção da empresa, não implicando em qualquer obrigação ou responsabilidade por parte da mesma. As análises refletem única e exclusivamente as opiniões pessoais dos analistas responsáveis e são elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Capital Investimentos. As estimativas e previsões de eventos são baseadas em informações públicas e em fontes que julgamos dignas de crédito, embora sua precisão e completude não possam ser garantidas. Ocasionalmente, executivos ou funcionários da Capital Investimentos podem, de acordo com o permitido por lei, possuir uma posição, ou de outra maneira estarem interessados em transações com ativos direta ou indiretamente relacionados com este relatório. Rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Este relatório não constitui uma recomendação de compra ou venda e destina-se apenas a fomentar o debate de ideias. O utilizador aceita que o conteúdo, erros ou omissões não podem ser fundamentos para qualquer reclamação ou ação legal. As informações contidas neste material são de caráter exclusivamente informativo e não devem ser consideradas como uma oferta de aquisição de cotas dos fundos de investimentos. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura,  sempre leia o prospecto e o regulamento antes de investir.

13 fev

Abertura dos Mercados – 13 – Fevereiro – 2020

Abertura dos Mercados – Futuros e Commodities: S&P-500: 3.356,88 -0,70% | Bovespa: 115.995 -1,16% | Petróleo WTI: 51,09 +2,30% | USD/BRL: 4.380,00 +0,49%

Os mercados financeiros globais operam em queda nessa manhã de quinta-feira, com nova preocupação com o coronavírus, já que as mortes e casos de infecção subiram e sugerem crise maior que a imaginada. Na Ásia, as bolsas refletiram a tensão e fecharam em queda, com o Nikkei em baixa de 0,14% e Shanghai caindo 0,71%. Nos Estados Unidos, o índice futuro S&P aponta para abertura em queda de 0,70% e na agenda norte-americana teremos a divulgação da inflação ao consumidor de janeiro e discursos de presidentes e diretores de Feds regionais. Na Europa as bolsas operam no vermelho, com o DAX alemão, o CAC francês e o índice FTSE de Londres caindo respectivamente 0,73%, 0,83% e 1,47%. Na região, a Comissão Europeia manteve hoje sua previsão econômica de crescimento moderado na Zona do Euro para este ano e 2022, mas elevou levemente a projeção para inflação, observando que a disseminação do coronavírus é o principal risco negativo. No Brasil, o Dólar opera em alta contra o Real, renovando mais vez sua máxima recorde intradia, com os mercados reagindo a comentários do ministro da economia, Paulo Guedes, sobre o câmbio. No front corporativo, serão conhecidos hoje os balanços do Banco do Brasil, antes da abertura do pregão; e Biosev, Grendene, JHSF e Rumo, após o fechamento do mercado.

Empresas e Setores

  • Banco do Brasil (BBAS3): O banco reportou lucro líquido recorrente de R$ 3,8 bilhões no quarto trimestre de 2019, alta de 20,3% na comparação anual.
  • Banco Inter (BIDI4): O banco reportou lucro líquido de R$ 24,7 milhões no quarto trimestre de 2019, alta de 10,7% na comparação com o resultado apurado no mesmo trimestre do ano anterior. No acumulado de 2019 o lucro do banco somou R$ 81,6 milhões, alta de 16,4% na comparação anual.
  • BBM Logística: A companhia registrou lucro de R$ 6,9 milhões no quarto trimestre de 2019, ante lucro de R$ 100 mil reportado no mesmo trimestre de 2018. No acumulado de 2010 o lucro da companhia somou R$ 13,7 milhões, resultado pouco maior que o dobro do registrado no ano anterior.
  • Bradesco: O banco encerrou o quarto trimestre de 2019 com lucro líquido recorrente de R$ 6,6 bilhões, alta de 14,0% na comparação anual. No acumulado do ano, o lucro do banco somou R$ 25,8 bilhões, crescimento de 20,0% frente ao lucro reportado em 2018.
  • Duratex (DTEX3): A companhia obteve lucro líquido recorrente de R$ 157,7 milhões no quarto trimestre de 2019, crescimento de 4,3% na comparação com o resultado apurado no mesmo trimestre de 2018. O Conselho de Administração da companhia aprovou pagamento de juros sobre o capital próprio aos seus acionistas no valor de R$ 0,37 por ação.
  • Grupo SEB: O grupo de educação adquiriu 70% da operação global da canadense Maple Bear.
  • Guararapes (GUAR3): A companhia celebrou um contrato de licença com a empresa norte-americana Carter’s, Inc. visando obter a exclusividade da marca Carter’s no Brasil pelo prazo inicial de dez anos.
  • Itaú Unibanco (ITUB4): O banco realizará o pagamento de dividendos e de juros sobre o capital próprio aos seus acionistas no montante líquido de R$ 18,8 bilhões, correspondendo ao valor de R$ 1,92 por ação.
  • Mendes Junior: A companhia comunicou que a Justiça suspendeu o ato de exclusão de empresa do Refis, instituído em 2000.
  • Quero-Quero: A companhia, que atua como varejista de material de construção, pediu aval para a realização de uma oferta pública inicial de ações (IPO) na B3.
  • Supermercados: A Associação Brasileira de Supermercados (Abras) revisou a estimativa de crescimento real nas vendas do setor supermercadista do Brasil neste ano de 4,2% para 3,9%, em função das incertezas em relação ao coronavírus.
  • Suzano (SUZB3): A companhia registrou lucro líquido de R$ 1,1 bilhão no quarto trimestre de 2019, queda de 60,7% na comparação anual. A companhia informou ainda que, o valor capturado em sinergias operacionais após a fusão com a Fibria, somou R$ 763 milhões em 2019 e que estima atingir no período de 2020 a 2021 sinergias operacionais entre R$ 1,1 bilhão e R$ 1,2 bilhão.
  • Totvs (TOTS3): A companhia reportou lucro líquido ajustado de R$ 71,3 milhões no quarto trimestre de 2019, alta de 107,8% na comparação anual. A companhia informou ainda que levará para votação em AGE a proposta de desdobramento de ações de 1 em 3.
  • Unipar Carbocloro (UNIP6): O Conselho de Administração da companhia aprovou o cancelamento de ações mantidas em tesouraria, em um total de 4,0% do total emitido.

Fontes: Bloomberg, Thomson Reuters, jornal Valor Econômico, jornais diversos e relatórios de terceiros.

Esta mensagem e seus anexos podem conter informações confidenciais ou privilegiadas. Se você não é o destinatário dos mesmos você não está autorizado a utilizar o material para qualquer fim. Solicitamos que você apague a mensagem e avise imediatamente ao remetente. O conteúdo desta mensagem e seus anexos não representam necessariamente a opinião e a intenção da empresa, não implicando em qualquer obrigação ou responsabilidade por parte da mesma. As análises refletem única e exclusivamente as opiniões pessoais dos analistas responsáveis e são elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Capital Investimentos. As estimativas e previsões de eventos são baseadas em informações públicas e em fontes que julgamos dignas de crédito, embora sua precisão e completude não possam ser garantidas. Ocasionalmente, executivos ou funcionários da Capital Investimentos podem, de acordo com o permitido por lei, possuir uma posição, ou de outra maneira estarem interessados em transações com ativos direta ou indiretamente relacionados com este relatório. Rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Este relatório não constitui uma recomendação de compra ou venda e destina-se apenas a fomentar o debate de ideias. O utilizador aceita que o conteúdo, erros ou omissões não podem ser fundamentos para qualquer reclamação ou ação legal. As informações contidas neste material são de caráter exclusivamente informativo e não devem ser consideradas como uma oferta de aquisição de cotas dos fundos de investimentos. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura,  sempre leia o prospecto e o regulamento antes de investir.

 

 

12 fev

Abertura dos Mercados – 12 – Fevereiro – 2020

Abertura dos Mercados – Futuros e Commodities: S&P-500: 3.371,12 +0,41% | Bovespa: 116.505 +0,40% | Petróleo WTI: 51,09 +2,30% | USD/BRL: 4.340,00 +0,11%

O tom dos mercados nessa manhã de quarta-feira é positivo. O coronavírus segue no radar, mas as preocupações começam diminuir com sinais de que a epidemia estaria sob controle. Nas eleições norte-americanas, o Partido Democrata deixa o desastre das primárias de Iowa para trás e foca nas primárias de New Hampshire, com os reports até agora sugerindo a vitória do senador por Vermont, Bernie Sanders. Neste momento, o futuro do S&P sobe 0,41%, o DAX alemão tem alta de 0,76%, o FTSE inglês tem valorização de 0,24% e o CAC francês se valoriza em 0,40%. Na Ásia, o índice de Shanghai fechou com alta de 0,87% e o Nikkei encerrou o dia com elevação de 0,74%. No Brasil, o ministro Paulo Guedes disse aos governadores reunidos em Brasília que a fala do presidente sobre o ICMS foi “provocação política” e que o assunto não seria tratado agora. Bolsonaro dias atrás desafiou os governadores a zerar o ICMS sobre combustíveis, assegurando que eliminaria os impostos federais sobre esses produtos. As vendas no varejo de dezembro, divulgada hoje cedo mostrou uma recuperação um pouco mais lenta do segmento. O indicador mostrou queda de 0,1% a novembro e alta de 2,6% na comparação anual, abaixo do esperado de alta 0,2% na comparação mensal e 3,5% na anual. No front corporativo serão conhecidos hoje os resultados do banco Inter, Duratex e Suzano.

Empresas e Setores

  • Agronegócio: Segundo estimativa divulgada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) a da produção brasileira de grãos na safra 2019/20 deverá somar 251 milhões de toneladas, alta de 3,8% na comparação com a safra anterior.
  • Alpargatas (ALPA3): A companhia realizará o pagamento de dividendos no montante de R$ 30,4 milhões, correspondendo aos valores de R$ 0,05 por ação ordinária e preferencial.
  • Cogna Educação (COGN3): A companhia precificou em R$ 11,00 a ação no âmbito de sua oferta subsequente (follow-on), movimentando R$ 2,5 bilhões na operação.
  • Dommo Energia (DMMO3): A companhia informou que a Entidades Pimco reduziu para 19,9% a participação no seu capital social.
  • EDP Renováveis: A companhia concluiu a venda de seu parque eólico Babilônia, localizado no Estado da Bahia, a uma empresa do grupo Actis pelo valor de R$ 598 milhões.
  • Eneva (ENEV3): O Conselho de Administração da companhia aprovou a contratação pela subsidiária Azulão Geração de Energia de cédula de crédito junto ao Banco da Amazônia no valor de R$ 1 bilhão.
  • Indústrias Romi (ROMI3): A companhia registrou lucro líquido de R$ 19 milhões no quarto trimestre de 2019, queda de 9,2% na comparação anual.
  • Latam Airlines: A companhia comunicou que o tráfego de passageiros no mês de janeiro registrou queda de 1,8% na comparação anual. Na mesma base de comparação a oferta de assentos avançou 2,3% e a taxa média de ocupação dos voos caiu 0,4 ponto percentual, para 85,0%. No Brasil, o tráfego de passageiros da companhia em janeiro aumentou 24,4% frente ao mesmo mês de 2018. A oferta de assentos avançou 20,0% na mesma base de comparação e a taxa média de ocupação das aeronaves cresceu 3,1 ponto percentual, para 86,9%.
  • Light (LIGT3): A companhia informou que Ivan Monteiro, ex-presidente da Petrobras, renunciou à cadeira no Conselho de Administração.
  • Mitre: A companhia comunicou que a GIC Private Limited elevou a participação no total de ações para 6,09%.
  • Moura Dubeux (MDNE3): Segundo noticiário a oferta pública inicial de ações (IPO) da companhia movimentou R$ 1,25 bilhão, com a ação precificada em R$ 19,00 e intervalo indicativo de valor por ação entre R$ 17,00 e R$ 21,00; papel começa a ser negociado amanhã na B3, sob o código #MDNE3.
  • Petrobras (PETR4): Segundo noticiário a companhia habilitou 13 térmicas já operacionais para leilões agendados pelo Governo Federal para o próximo dia 30 de abril.
  • Rossi (RSID3): A companhia informou que a gestora Vince Equities elevou para 10,30% a participação no total de ações.
  • Tim (TIMP3): A companhia registrou lucro líquido de R$ 756 milhões no quarto trimestre de 2019, alta de 19,6% na comparação anual.
  • Vale (VALE3): A companhia acionou o Nível 2 de Plano de Emergência para barragem Capitão do Mato, localizada no município de Nova Lima, no Estado de Minas Gerais.
  • Varejo: Segundo dados divulgados pelo IBGE as vendas do comércio varejista brasileiro recuaram 0,1% em dezembro na comparação com o mês anterior e subiram 2,6% na comparação anual.

Fontes: Bloomberg, Thomson Reuters, jornal Valor Econômico, jornais diversos e relatórios de terceiros.

Esta mensagem e seus anexos podem conter informações confidenciais ou privilegiadas. Se você não é o destinatário dos mesmos você não está autorizado a utilizar o material para qualquer fim. Solicitamos que você apague a mensagem e avise imediatamente ao remetente. O conteúdo desta mensagem e seus anexos não representam necessariamente a opinião e a intenção da empresa, não implicando em qualquer obrigação ou responsabilidade por parte da mesma. As análises refletem única e exclusivamente as opiniões pessoais dos analistas responsáveis e são elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Capital Investimentos. As estimativas e previsões de eventos são baseadas em informações públicas e em fontes que julgamos dignas de crédito, embora sua precisão e completude não possam ser garantidas. Ocasionalmente, executivos ou funcionários da Capital Investimentos podem, de acordo com o permitido por lei, possuir uma posição, ou de outra maneira estarem interessados em transações com ativos direta ou indiretamente relacionados com este relatório. Rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Este relatório não constitui uma recomendação de compra ou venda e destina-se apenas a fomentar o debate de ideias. O utilizador aceita que o conteúdo, erros ou omissões não podem ser fundamentos para qualquer reclamação ou ação legal. As informações contidas neste material são de caráter exclusivamente informativo e não devem ser consideradas como uma oferta de aquisição de cotas dos fundos de investimentos. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura,  sempre leia o prospecto e o regulamento antes de investir.