Notícias

categorias

25 set

Abertura dos Mercados – 25 – Setembro – 2017

Abertura dos Mercados – Futuros e Commodities: S&P-500: 2.496,25 -0,13% — Bovespa: 75.560 -0,08% — Petróleo WTI: 56,98 +0,99% — USD/BRL: 3.129,50 +0,04%

Os mercados externos iniciam a semana sem uma direção definida. Nos Estados Unidos, o índice futuro S&P apresenta pequena desvalorização de 0,13% e na Europa, o DAX alemão opera com alta de 0,20%, o FTSE inglês tem perdas de 0,22% e o CAC francês tem queda de 0,26%. Na Ásia, o Nikkei encerrou o dia subindo 0,50% e o índice de Shanghai terminou o dia com perdas de 0,33%. O governo da Coreia do Norte disse que lançar foguetes contra os Estados Unidos seria inevitável, logo após aviões militares norte-americanos sobrevoaram o país. A China, histórica aliada da Coreia do Norte e seu maior parceiro econômico, mostrou insatisfação com o governo do país e impôs limites ao fornecimento de petróleo aos norte-coreanos. Na Alemanha, Angela Merkel venceu as eleições e terá seu quarto mandato como chefe de governo e a extrema-direita (Alternativa para a Alemanha – Afd) com 13% dos votos, ganhou representação no parlamento pela primeira vez em 50 anos. No Brasil, no front econômico, o Boletim Focus do Banco Central segue mostrando evolução positiva com o IPCA para 2017 caindo de 3,08% da semana passada para 2,97% de hoje e para 2018 a expectativa para o IPCA no ano também caiu de 4,12% para 4,08%. O PIB para 2017 subiu de 0,60 para 0,68% e para 2018 cresceu de 2,20% para 2,30%. A Selic seguiu estável em 7% tanto para 2017 como para 2018, mas com esse cenário se consolidando aumentam as chances dos juros virem abaixo de 7% em algum momento de 2018.

Empresas e Setores

  • BRF (BRFS3): A companhia informou que recebeu o aval do Ministério da Agricultura para a retomada da operação de exportação a partir de seu frigorífico localizado em Mineiros, no estado de Goiás. A companhia informou também que a gestora Aberdeen atingiu participação de 5,07% no seu total de ações ordinárias.
  • Educacional (SEER3): A companhia informou que o banco Credit Suisse reduziu para 0,65% a participação no seu total de ações ordinárias.
  • Energisa (ENGI11): A companhia informou que sua venda total de energia no mês de Agosto deste ano registrou alta de 2,6% na comparação com o reportado em igual mês de 2016, contribuindo para um ganho de 2,4% no acumulado dos oito primeiros meses de 2017, na base de comparação anual.
  • Guararapes (GUAR3): A companhia informou que seu Conselho de Administração aprovou o pagamento de Juros Sobre o Capital Próprio aos seus acionistas no montante bruto de R$ 25,4 milhões, correspondentes a R$ 0,38 por ação ordinária e R$ 0,43 por ação preferencial.
  • Indústria: Segundo dados divulgados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) do país atingiu 55,7 pontos no mês Agosto, alta de 3,1 pontos na comparação com o reportado no mês anterior e de 6,5 pontos frente o registrado em igual mês de 2016.
  • Latam Airlines: A companhia comunicou que seu volume total de passageiros no mês de Agosto registrou alta de 2,3% frente o reportado em igual mês de 2016. No Brasil, a companhia encerrou o mês de Agosto com uma alta de 3,4% no volume de passageiros, na base de comparação anual, interrompendo uma sequência negativa de mais de dois anos.
  • Localiza (RENT3): A companhia anunciou que irá propor ao seu Conselho de Administração uma proposta para o desdobramento de suas ações na proporção de 3 ações para cada 1 existente.
  • Tecnisa (TCSA3): A companhia informou que a gestora Dynamo reduziu para 4,70% a participação no seu total de ações ordinárias.
  • Unilever: Segundo noticiário a companhia fechou um acordo para a compra da empresa de cosméticos Carver Korea por cerca de US$ 2,7 bilhões.

Fontes: Bloomberg, Thomson Reuters, jornal Valor Econômico, jornais diversos e relatórios de terceiros.

Esta mensagem e seus anexos podem conter informações confidenciais ou privilegiadas. Se você não é o destinatário dos mesmos você não está autorizado a utilizar o material para qualquer fim. Solicitamos que você apague a mensagem e avise imediatamente ao remetente. O conteúdo desta mensagem e seus anexos não representam necessariamente a opinião e a intenção da empresa, não implicando em qualquer obrigação ou responsabilidade por parte da mesma. As análises refletem única e exclusivamente as opiniões pessoais dos analistas responsáveis e são elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Capital Investimentos. As estimativas e previsões de eventos são baseadas em informações públicas e em fontes que julgamos dignas de crédito, embora sua precisão e completude não possam ser garantidas. Ocasionalmente, executivos ou funcionários da Capital Investimentos podem, de acordo com o permitido por lei, possuir uma posição, ou de outra maneira estarem interessados em transações com ativos direta ou indiretamente relacionados com este relatório. Rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Este relatório não constitui uma recomendação de compra ou venda e destina-se apenas a fomentar o debate de ideias. O utilizador aceita que o conteúdo, erros ou omissões não podem ser fundamentos para qualquer reclamação ou ação legal. As informações contidas neste material são de caráter exclusivamente informativo e não devem ser consideradas como uma oferta de aquisição de cotas dos fundos de investimentos. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura,  sempre leia o prospecto e o regulamento antes de investir.

 

Mostrar mais

Cadastre-se e receba nossos relatórios