Abertura dos Mercados – Futuros e Commodities: S&P-500: 3.013,88 +0,23% | Bovespa: 94.690 +1,32% | Petróleo WTI: 38,87 +0,99% | USD/BRL: 5.417,50 -1,23%

Os mercados financeiros globais operam em leve alta nesta manhã de segunda-feira. No cenário internacional, os Estados Unidos voltaram a registrar novo recorde de casos de covid-19 no domingo e a China ordenou o isolamento de 500 mil pessoas no entorno de Pequim, onde o vírus reapareceu. Na Ásia as bolsas fecharam no vermelho, com o Nikkei japonês em queda de 2,30% e o índice de Shanghai caindo 0,61%. Na região, destaque na agenda do dia para o índice PMI composto de junho na China e, no Japão, para a taxa de desemprego em maio e a produção industrial. Nos Estados Unidos o índice futuro S&P aponta para abertura em alta de 0,23% e na agenda macroeconômica do dia destaque para a divulgação das vendas de imóveis pendentes em maio. Na Europa as bolsas operam no azul, com o DAX alemão, o CAC francês e o FTSE de Londres subindo respectivamente 0,40%, 0,39% e 0,55%. No Brasil a agenda da semana reserva dados fiscais, inflacionários e de atividade econômica. No front corporativo temos hoje as divulgações dos balanços do IRB Brasil, banco Indusval, Centauro, Ecorodovias e São Martinho. No Boletim Focus divulgado agora pela manhã o mercado voltou a reduzir a expectativa para a taxa básica de juros no país depois de o Banco Central falar em novo corte residual à frente. A pesquisa semanal com uma centena de economistas mostrou que a expectativa agora é de que a Selic termine este ano a 2,00%, de 2,25% previsto antes e para o PIB, a estimativa agora é de retração de 6,54% em 2020, de queda de 6,50% vista antes.

Empresas e Setores

  • Azul (AZUL4): A companhia aérea informou que retomará voos domésticos do aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos a partir de 6 de julho, à medida que retoma gradualmente as operações após uma parada quase total desde março devido à pandemia do coronavírus.
  • BR Distribuidora (BRDT3): A companhia informou que a ANP concedeu autorização para o exercício atividade de comercialização de gás natural em todo o território nacional, mediante contratos registrados na própria entidade.
  • Duratex (DURA3): A companhia informou que a Hermes Investment passou a deter 5,02% do total de ações.
  • Eletrobrás (ELET6): A estatal informou que o conselho de administração aprovou a nomeação da engenheira química Camila Araújo como nova diretora de Governança, Riscos e Conformidade.
  • Energisa (ENGI11): A companhia informou que o consumo total de energia em suas distribuidoras registrou queda de 10% em maio na comparação anual, puxado para baixo pelo segmento comercial e pela região Nordeste.
  • Microsoft: A companhia informou que vai fechar todas as suas lojas físicas e espera registrar baixas de US$ 450 trilhões durante o trimestre.
  • Petrobras (PETR4): A companhia informou que iniciou processo para venda da totalidade de sua participação em um conjunto de sete concessões de produção de petróleo e gás em terra, na bacia do Solimões, no Amazonas.
  • Shoppings: Segundo dados da Alshop os lojistas da capital paulista tiveram queda de até 90% na receita após a reabertura das atividades em relação ao período pré-pandemia.
  • Unidas (LCAM3): O Conselho de Administração da companhia aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio no montante bruto total de 47,4 milhões, correspondendo ao valor de R$ 0,09 por ação.

Fontes: Bloomberg, Thomson Reuters, jornal Valor Econômico, jornais diversos e relatórios de terceiros.

Esta mensagem e seus anexos podem conter informações confidenciais ou privilegiadas. Se você não é o destinatário dos mesmos você não está autorizado a utilizar o material para qualquer fim. Solicitamos que você apague a mensagem e avise imediatamente ao remetente. O conteúdo desta mensagem e seus anexos não representam necessariamente a opinião e a intenção da empresa, não implicando em qualquer obrigação ou responsabilidade por parte da mesma. As análises refletem única e exclusivamente as opiniões pessoais dos analistas responsáveis e são elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Capital Investimentos. As estimativas e previsões de eventos são baseadas em informações públicas e em fontes que julgamos dignas de crédito, embora sua precisão e completude não possam ser garantidas. Ocasionalmente, executivos ou funcionários da Capital Investimentos podem, de acordo com o permitido por lei, possuir uma posição, ou de outra maneira estarem interessados em transações com ativos direta ou indiretamente relacionados com este relatório. Rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Este relatório não constitui uma recomendação de compra ou venda e destina-se apenas a fomentar o debate de ideias. O utilizador aceita que o conteúdo, erros ou omissões não podem ser fundamentos para qualquer reclamação ou ação legal. As informações contidas neste material são de caráter exclusivamente informativo e não devem ser consideradas como uma oferta de aquisição de cotas dos fundos de investimentos. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura,  sempre leia o prospecto e o regulamento antes de investir.