Abertura dos Mercados – Futuros e Commodities: S&P-500: 3.215,62 +0,05% | Bovespa: 103.070 -0,13% | Petróleo WTI: 40,55 -0,49% | USD/BRL: 5.379,50 -0,15%

Os mercados financeiros globais operam em tom de cautela, com os Estados Unidos registrando números alarmantes de casos de Covid-19, mantendo as incertezas sobre o ritmo de recuperação da economia. No país, o índice futuro S&P aponta para abertura com leve alta de 0,05% e na agenda do dia destaque para a divulgação do balanço trimestral da IBM. Na Europa as bolsas operam sem tendência definida, com o DAX alemão e o CAC francês subindo 0,43% e 0,04%, enquanto o FTSE de Londres cai 0,51%. Na Ásia as bolsas fecharam no azul, com os índices acionários chineses subindo mais de 3%, liderados pelas empresas financeiras depois que reguladores agiram para impulsionar o mercado elevando o teto de investimento de ações para seguradoras e encorajando fusões e aquisições entre corretoras. O índice de Shanghai fechou em alta de 3,11% e no Japão o índice Nikkei fechou em leve alta de 0,09%. No Brasil tivemos pela manhã a divulgação do Boletim Focus, com o mercado reduzindo a previsão para queda do PIB de 2020 para 5,95% ante queda de 6,10% na semana passada. No front corporativo hoje a Vale divulga os resultados operacionais do segundo trimestre após o fechamento e o mercado.

Empresas e Setores

  • Azul (AZUL4): Segundo noticiário a companhia amarra acordo com credores e pode se unir à Latam para sair da crise.
  • Bahema (BAHI3): A companhia concluiu a aquisição da Escola Autonomia, localizada na cidade de Florianópolis, Santa Catarina, pelo valor de R$ 29,39 milhões.
  • BNDES: O Banco de Desenvolvimento informou que alcançou R$ 12 bilhões na aprovação de suspensões temporárias de pagamentos de parcelas de empréstimos contratados com a instituição por mais de 28,5 mil empresas, em cerca de 77,7 mil contratos de financiamento, nas modalidades direta e indireta.
  • BRF (BRFS3): O Conselho de Administração da companhia aprovou uma nova emissão de debêntures no valor total de R$ 2,2 bilhões.
  • BTG Pactual (BPAC11): O Conselho de Administração do banco aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio no valor bruto de R$ 0,19 por ação e R$ 0,58 por unit.
  • CCR (CCRO3): A companhia concluiu a compra de 100% das ações da Rodonorte, concessionária que já estava sobre seu controle.
  • Chevron: A companhia fechou acordo visando à aquisição da Noble Energy, em negócio que envolve apenas ações e avalia a empresa de produção de petróleo e gás com sede em Houston em US$ 5 bilhões.
  • Construção Civil: Segundo noticiário a Inter Construtora contratou os bancos Credit Suisse, BB-BI, Itaú BBA e Caixa para estudar a realização de uma oferta pública inicial (IPO) de ações.
  • CSN (CSNA3): A agência de classificação de risco Standard & Poor’s retirou a companhia de lista de observação com implicações positivas (creditwatch) e manteve o rating da siderúrgica e mineradora em “B-“, com perspectiva negativa.
  • Eletrobras (ELET6): O Conselho de Administração da companhia aprovou a concessão de adiantamento para futuro aumento de capital (Afac) da subsidiária Eletronuclear envolvendo R$ 1,05 bilhão em 2020 e R$ 2,44 bilhões em 2021, em operação que visa acelerar providências para a retomada das obras da usina nuclear de Angra 3.
  • Equatorial (EQTL3): O Conselho de Administração da companhia informou aprovou a distribuição de dividendos no valor total de R$ 323,26 milhões, correspondendo ao valor de R$ 0,32 centavos por ação.
  • Oi (OIBR3): As companhias Tim, Claro e Vivo realizaram, em conjunto, uma oferta para a compra da unidade móvel companhia. A companhia informou ainda que a Highline do Brasil apresentou uma oferta por seus ativos de telecomunicação outdoor e indoor de transmissão de radiofrequência no valor de R$ 1,07 bilhão.
  • Randon (RAPT4): A companhia encerrou o mês de junho com receita líquida de R$ 412,4 milhões, queda de 3,2% na comparação com o mesmo período do ano anterior. No acumulado dos seis primeiros meses de 2020, a receita líquida da companhia somou R$ 2,1 bilhões, queda de 13,8% frente à primeira metade de 2019.
  • Saraiva (SLED3): A companhia comunicou que José Claudio Pagano reduziu sua participação em ações preferenciais a 7,89% do total.
  • Ser Educacional (SEER3): A companhia comunicou que está avaliando uma potencial transação envolvendo os ativos do Grupo Laureate no Brasil.
  • Unipar (UNIP6): O Conselho de Administração da companhia aprovou o aditamento ao segundo programa de recompra de ações, em continuidade a recompra de até 5,5 milhões de papéis da empresa anunciada em meados de maio.
  • Vale (VALE3): A companhia anunciou que Denis Cuenca assumiu o cargo de Diretor Executivo de Conformidade (CCO), sendo responsável pelo departamento de compliance, incluindo as áreas de integridade, auditoria interna e canal de denúncias.

Fontes: Bloomberg, Thomson Reuters, jornal Valor Econômico, jornais diversos e relatórios de terceiros.

Esta mensagem e seus anexos podem conter informações confidenciais ou privilegiadas. Se você não é o destinatário dos mesmos você não está autorizado a utilizar o material para qualquer fim. Solicitamos que você apague a mensagem e avise imediatamente ao remetente. O conteúdo desta mensagem e seus anexos não representam necessariamente a opinião e a intenção da empresa, não implicando em qualquer obrigação ou responsabilidade por parte da mesma. As análises refletem única e exclusivamente as opiniões pessoais dos analistas responsáveis e são elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Capital Investimentos. As estimativas e previsões de eventos são baseadas em informações públicas e em fontes que julgamos dignas de crédito, embora sua precisão e completude não possam ser garantidas. Ocasionalmente, executivos ou funcionários da Capital Investimentos podem, de acordo com o permitido por lei, possuir uma posição, ou de outra maneira estarem interessados em transações com ativos direta ou indiretamente relacionados com este relatório. Rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Este relatório não constitui uma recomendação de compra ou venda e destina-se apenas a fomentar o debate de ideias. O utilizador aceita que o conteúdo, erros ou omissões não podem ser fundamentos para qualquer reclamação ou ação legal. As informações contidas neste material são de caráter exclusivamente informativo e não devem ser consideradas como uma oferta de aquisição de cotas dos fundos de investimentos. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura,  sempre leia o prospecto e o regulamento antes de investir.